SEMA inicia II Seminário de Mudanças Climáticas

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão (SEMA) deu início, na manhã desta quinta-feira (17), ao II Seminário Maranhense de Mudanças Climáticas, no auditório da FIEMA. O objetivo é a promoção de ações e de incentivos às políticas e práticas de mitigação e adaptação das mudanças do clima no Maranhão.

Durante a abertura, o Secretário Marcelo Coelho agradeceu a presença de todos que vieram de várias regiões do estado, e destacou a importância da conservação da biodiversidade maranhense que possui uma vasta riqueza. “Temos um grande desafio, e o Estado através do Governador Flávio Dino tem investido na conservação de nossas riquezas ambientais, porém, temos que fazer a nossa parte constantemente como cidadãos. O Maranhão vai mudar e está mudando”, disse o gestor.

Na ocasião, foram discutidos temas atuais sobre as mudanças climáticas no Brasil e especificamente sobre as variações de clima no Maranhão, como enfatizou o Coordenador de Mestrado da Universidade CEUMA, Doutor Fabrício Brito Silva. “É com muita preocupação que falamos sobre o assunto. No Maranhão temos variações constantes no clima o que levam a períodos de seca e inundações, e isto acontece devido ao aquecimento. Precisamos planejar o meio ambiente para novos hábitos urbanos“, destacou.

Na programação foram abordados temas como:  Mudanças Climáticas no Maranhão; Variabilidade Climática no Maranhão no Contexto das Mudanças Climáticas; Avaliação dos Potenciais Impactos da Elevação do Nível do Mar nas Reentrâncias Maranhenses; Ações do Plano Agricultura de Baixa Emissão de Carbono no Maranhão; Reutilização da água da Chuva entre outros.

Amanhã (18), as Discussões Continuam, com as seguintes palestras: Ações do Plano de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono no Maranhão (Luiz Coelho Júnior (Engenheiro Agrônomo – Chefe do Dept.de Política Agropecuária/Coordenador do Grupo Gestor do Plano ABC/MA/SAGRIMA); Programa Maranhão Verde como Instrumento Mitigador das Mudanças Climáticas (Talissa Moraes, Secretária Adjunta de Recursos Ambientais/SEMA); Princípios de Diretrizes Estabelecidas na Carta de Brasília e o Desenvolvimento Sustentável (José Guilherme Braga Dieguez Fernandes Filho (Secretário Adjunto de Desenvolvimento Sustentável/SEMA).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *