PRESO NO MATO GROSSO HOMEM SUSPEITO DE ASSASSINAR ESPOSA EM 2016 NO BAIRRO SABBAK NA CIDADE DE SANTA INÊS

Foi preso na cidade de Várzea Grande no estado do Mato Grosso Francisco da Silva Barbosa, de 37 anos, vulgo “Canhão”. Canhão é o acusado ter assassinado a sua esposa Eva da Silva Chagas no bairro Sabbak no dia 03 de outubro de 2016.

Canhão é acusado ter assassinado a sua esposa

Na época Francisco da Silva Barbosa teria assassinado Eva a golpes de faca, o crime teria acontecido na Juscelino Kubitschek, sob a alegação de ciúmes.

Francisco da Silva Barbosa foi preso junto com Elismar Barbosa da Silva, 43 anos na cidade de Várzea Grande sob a suspeita de roubar e tentar matar um policial civil aposentado.

Francisco foi preso junto com Elismar – Foto Divulgação: Polícia Civil do Mato Grosso

Ambos foram presos ontem quarta-feira (29.11), através de uma ação conjunta entre a Polícia Civil, do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e de policiais militares da Força Tática do Estado do Mato Grosso.

Francisco Barbosa da Silva e Elismar Barbosa da Silva, foram localizados em uma casa de tapumes na região do bairro Princesa do Sol, em Várzea Grande.

Quando perceberam a presença da polícia, os suspeitos fugiram em direção a uma mata efetuando disparos contra os policiais e se jogaram dentro de uma lagoa.

Diante da situação, foi pedido apoio do helicóptero Águia do Ciopaer e de policiais militares da Força Tática, que realizaram cerco na região e conseguiram prender os criminosos. “O CIOPaer deu um sobrevôo obrigando eles a saírem”, disse o delegado da Derf, Marcel Gomes.

Foto Divulgação: Polícia Civil do Mato Grosso

O delegado disse que a pistola roubada foi recuperada. Os suspeitos responderão pelos crimes de roubo, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

“Os suspeitos frequentam um bar em frente à casa do policial. Eles entraram na casa dele, a mulher e a filha reclamaram e foram agredidas. Ele pegou a arma foi tirar satisfação, mas não viu que havia outro por trás, que já chegou e deu uma garrafada na cabeça dele. Quando ele caiu, um dos suspeitos pegou a arma do policial e engatilhou para tirar, mas toda vez que a arma era manobrada, a munição injetava. Ele apertava o gatilho, mas não atirava por causa da munição”, disse o delegado.

O coordenador do Ciopaer, tenente-coronel PM, Juliano Chiroli destacou o trabalho integrado entre as forças de segurança. “Mais uma vez com o emprego do helicóptero conseguimos duas prisões. O trabalho em conjunto faz toda diferença para o êxito da ocorrência”, disse.

 O fato aconteceu na tarde de terça-feira (28.11) por volta das 16h40, no Bairro Costa Verde. Na ocasião, os homens agrediram a vítima na cabeça com uma garrafa de vidro e subtraíram sua pistola 380 da marca Taurus.

Foto Divulgação: Polícia Civil do Mato Grosso

Os dois haviam efetuados disparos deixando cair algumas munições e fugiram do local em uma motocicleta de cor cinza. A vítima, que perdia muito sangue devido ao corte na cabeça, foi socorrida e levada a uma unidade de pronto atendimento da cidade.

Ainda segundo informações da Policia Civil do Mato Grosso não foi encontrado nenhum mandado de prisão contra Francisco Barbosa da Silva pelo crime cometido contra Eva da Silva na cidade de Santa Inês.

No vídeo abaixo Francisco Barbosa da Silva confessa o crime cometido em Santa Inês em outubro do ano passado, no vídeo ele também nega que a vitima estava dormindo como se comentava na época do crime.

 

 

Vídeo do momento em que Francisco chega a delegacia:

 

Francisco está preso pelos crimes de roubo e tentativa de suicídio, pois como falado anteriormente não foi encontrado mandado de prisão pelo crime cometido em Santa Inês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *