HOMEM QUE VIOLENTOU SEXUALMENTE DUAS CRIANÇAS É PRESO EM BOM JARDIM

Amadeus Araújo dos Santos, vulgo “Baba” de 26 anos, foi preso em sua residência após ter violentado sexualmente uma criança de doze e outra de dez anos.

No momento da prisão o suspeito confessou que aproveitava que a mãe das vítimas estava na igreja e adentrava na residência para molestar as crianças. Amadeus foi apresentado na delegacia regional para os procedimentos legais.

Na maioria das vezes devido às ameaças do criminoso, a criança não fala para os pais sobre os abusos, nesse caso os pais devem sempre o pai ou a mãe devem observar mudanças repentinas no comportamento da criança.

Por exemplo: Se a criança nunca agiu de determinada forma e, de repente, passa a agir. Se começa a apresentar medos que não tinha antes – do escuro, de ficar sozinha ou perto de determinadas pessoas. Ou então mudanças extremas no humor: a criança era super extrovertida e passa a ser muito introvertida. Era supercalma e passa a ser agressiva.

A mudança de comportamento também pode se apresentar com relação a uma pessoa específica, o possível abusador.

Como a maioria dos abusos acontece com pessoas da família, às vezes a criança apresenta rejeição a essa pessoa, fica em pânico quando está perto dela. E a família estranha: ‘Por que você não vai cumprimentar fulano? Vá lá!’. São formas que as crianças encontram para pedir socorro, e a família tem que tentar identificar isso.

Em outros casos, a rejeição não se dá em relação a uma pessoa específica, mas a uma atividade. A criança não quer ir a uma atividade extracurricular, visitar um parente ou vizinho ou mesmo voltar para casa depois da escola.

 

 

 

 

FONTE: 7º BPM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *