Anac investiga aluguel de jatinho pelo Governo do Maranhão

A ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil afirma as irregularidades envolvendo a aeronave de modelo Citation VIIC 650, a aeronave foi locada pelo governo do Maranhão pela quantia de R$ 4.608.000,00 milhões. 

O contrato foi firmado com a empresa Heringer Táxi Aéreo, localizada em Imperatriz.

Flávio Dino em um dos aviões alugados da Heringer Táxi Aéreo

Somente em 2015, a gestão de Flávio Dino gastou com transporte aéreo R$ 2.570.465,09 milhões. E em 2016, as cifras aumentaram e os custos giraram em torno de R$ 6.843.910,19 milhões.

Governo1

De acordo com ANAC, será aberto um processo administrativo contra a Heringer para apurar se houve descumprimento às normas da aviação civil.

“O proprietário/operador de uma aeronave privada não pode realizar voos para terceiros mediante remuneração. O serviço remunerado só pode ser realizado por aeronaves de categoria táxi-aéreo ou de Serviço Aéreo Especializado.

Em relação ao caso, informamos que a ANAC abriu um processo administrativo para apurar se houve descumprimento às normas de aviação civil.”

Em 26 de julho, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Governo, firmou um contrato de locação de 2 aeronaves com a empresa Heringer Táxi Aéreo pelo valor de R$ 6.984.000 milhões.

Sendo que o aluguel do transporte aéreo de modelo Citation VIIC 650 foi orçado em R$ 4.608.000,00 milhões. E o de modelo KingAr B200 R$ 2.376.000,00 milhões.

A consulta do seu prefixo (PR-JAP), revela a interdição. Ainda de acordo com a Anac, a aeronave alugada ao Executivo está na categoria de serviços aéreos privados e há dúvidas sobre se ela poderia ser usada para fins comerciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *